Você está comendo insetos e nem sabe!

em 26 de agosto de 2014


Aditivos químicos
Açafrão, pimenta, colorau e canela são algumas das especiarias usadas no tempo da vovó eram os aditivos químicos de origem vegetal. Nossos antepassados usavam o sal no processo de defumação das carnes. Para transformar frutas em compotas adicionava-se o açúcar. Com os tempos modernos todo esse processo mudou as indústrias dispõem de um grande número de técnicas para conservar os alimentos. Os aditivos alimentares são muito bons para manter a qualidade e durabilidade dos alimentos, porém não se sabe ao certo o quanto eles podem ser prejudiciais à saúde humana. Porque a legislação uma vez ou outra entra em contradição ao liberar o uso de certas substâncias.

E o que muita gente não sabe é que corantes são quase todos derivados do petróleo e existe o corante de Cochonilha que é um material de cor vermelho vivo, proveniente dos corpos secos e esmagados de um inseto originário do México, a Cochonilha ou Dactylopius coccus. Portanto todos nós ao menos uma vez na vida comemos esse inseto. 

A Cochonilha hoje é criada em todo o mundo, inclusive no Brasil, para a produção de corantes. Bilhões desses insetos são criados e esmagados para fazer corante vermelho para colocar em sobremesas, bebidas, roupas, chás, enfim uma infinidade de produtos. Setenta mil insetos são esmagados e fervidos para fazer meio quilo de corante aproximadamente. Tá explicado porque que eu parei de consumir esses produtos industrializados.



Topo